fbpx

Cromoterapia

O uso das cores como recurso terapêutico vem sendo utilizado pelo homem desde as civilizações antigas como Egito, Grécia, China e Índia. O objetivo sempre era o mesmo: harmonizar o corpo, atuando tanto na parte física, emocional, mental e espiritual.

A cromoterapia é uma prática integrativa e complementar reconhecida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) desde 1976.

Cromo ou croma significa cor e terapia corresponde a tratamento. Dessa forma, Cromoterapia pode ser entendida como a utilização de cores para o tratamento de desequilíbrios (físicos, mentais, emocionais) utilizando a frequência específica de cada cor (que está associada a alguma propriedade terapêutica).

Podem ser utilizadas uma ou mais cores do espectro solar, que são: vermelho, laranja, amarelo, verde, azul turquesa, azul índigo e violeta. Outras cores também podem ser utilizadas como o rosa, púrpura, cinza dependendo da necessidade do cliente.

Dr. Fritz-Albert Popp, físico alemão, desenvolveu a Teoria dos Biofótons que trata da biologia da luz. Ele demonstrou que todas as células de um organismo vivo emitem partículas de luz (biofótons), se comunicam entre si e respondem à radiação de luz e suas frequências (cores). Com isso, qualquer célula pode ter sua frequência vibratória alterada se entrar em contato com a luz. Quando as luzes coloridas entram em contato com a pele, suas informações são transmitidas ao cérebro que administra o sistema endócrino (nossas glândulas que secretam hormônios), gerando estímulo ou inibição do mesmo. A doença nada mais é do que uma alteração na emissão de biofótons levando a um desequilíbrio na comunicação celular.

Outra teoria afirma que o efeito das cores no organismo também se dá através do sistema dos meridianos (canais de energia da Medicina Tradicional Chinesa) e dos chakras (pontos de energia da Medicina Ayurvedica), porque a profundidade de penetração da luz dentro do tecido é relativamente pequena.

Dentro da cromoterapia, um dos grandes nomes é o do alemão Peter Mandel, responsável pela disseminação da técnica de cromopuntura desde 1970 (que une as técnicas de acupuntura e cromoterapia, principalmente). É uma terapia embasada nas pesquisas dos biofótons, feitas pelo biofísico Fritz Albert Popp. Caracteriza-se pelo estímulo dos pontos de acupuntura (acupontos) e  meridianos (canais) utilizando-se da cor e, através dela, busca-se reequilibrar o funcionamento dos órgãos.

Para Mandel, quando estamos em desequilíbrio (físico ou emocional) e fazemos uso da cromoterapia, mandamos um estímulo para o nosso sistema endócrino regular a produção hormonal, e retornamos ao nosso estado de equilíbrio dinâmico (popularmente conhecido como saúde).

Há diversas formas do uso terapêutico da cor, de forma direta ou indireta, como: utilização de canetas específicas para cromoterapia, spot ou lâmpadas coloridas, água solarizada, gemas (rochas e minerais), ambientes coloridos (por exemplo: ficar numa sala com a parede amarela), roupas coloridas, mentalizações entre outros.

O tempo de tratamento vai depender da necessidade individual do interagente. A cromoterapia é uma técnica que pode ser aplicada de forma segura em crianças, idosos, animais, etc. E também consegue ser associada a qualquer outra prática integrativa e complementar, assim como não interfere nos tratamentos alopáticos.

É uma terapia que não está ligada a nenhuma religião ou sistema filosófico específico e tem se mostrado eficaz na diminuição do cansaço físico e mental, melhora a qualidade do sono, estimula a concentração e aprendizagem, diminui dor e inflamação, melhora o sistema imunológico, entre outros.

Post escrito pela naturóloga Lucy Stein

Plantas para dormir bem?

Está na Revista Saúde deste mês (março de 2014):  muitos fitoterápicos trazem a promessa de um sono tranquilo. Porém, nem todos têm o efeito respaldado pela ciência. Quem me conhece sabe o quanto eu gosto de pesquisas científicas para poder comprovar os efeitos das plantas, óleos essenciais e diferentes práticas

Leia mais »
Blog

Plantas medicinais em receitas maravilhosas

É com muita alegria que divulgo a minha primeira parceria do ano! Eu e a Luísa Colombi (@soulbaker) preparamos 10 posts especiais sobre plantas medicinais e culinária e, em cada post, falaremos sobre uma erva, fruto ou especiaria para você incluir em sua alimentação e saber todos os benefícios que

Leia mais »

Limão – alívio do estresse

Citrus limon Chegou o nosso primeiro fruto: limão siciliano, queridinho da culinária e imprescindível para o nosso dia-a-dia! Atualmente, vive-se uma vida onde o estresse é muito comum. O trânsito, na maioria das vezes, é caótico. No celular não param de chegar mensagens. Fala-se de trabalho até nos finais de

Leia mais »
Blog

Hiltl – primeiro restaurante vegetariano do mundo

Gosto muito de compartilhar dicas de lugares legais para ir. Mas este lugar, antes mesmo de eu visitar, eu sabia que iria querer falar mais sobre ele. Nas minhas férias viajei em família e um dos lugares visitados foi Zurique, na Suíça. Meses antes, pesquisando mais sobre a cidade, descobri

Leia mais »
Renata Hermes
Naturologa
Deixe seu e-mail aqui e receba conteúdo sobre saúde, qualidade de pensamentos e equilíbrio emocional
Especial dia dos namorados

Todo mundo quer uma resposta simples, um manual de como fazer ou algum milagre quando o assunto é relacionamento amoroso. E eu queria poder te dar tudo isso, mas como você já deve imaginar, não é assim que as coisas funcionam. Por quê? Porque pessoas são diferentes. Para o dia...