Ensinamentos do Dr. Bach

“Em essência, a doença é o resultado do conflito entre a Alma e a Mente, e ela jamais será erradicada exceto por meio de esforços mentais e espirituais”.

“Nenhum esforço que se destine apenas ao corpo pode fazer mais do que reparar superficialmente um dano, e nisso não há nenhuma cura, visto que a causa ainda continua em atividade e pode, a qualquer momento, manifestar novamente sua presença, assumindo outro aspecto”.

“Diga-se brevemente que a doença, posto que pareça tão cruel, é benéfica e existe para nosso próprio bem; se interpretada de maneira correta, guiar-nos-á na direção aos nossos defeitos principais. Se tratada com propriedade, será a causa da supressão desses defeitos e fará de nós pessoas melhores e mais evoluídas do que éramos antes”.

“Somos personalidades vindas aqui com a missão de obter todo o conhecimento e toda a experiência que podem ser adquiridos ao longo da existência terrena; de desenvolver virtudes de que carecemos, de extinguir tudo o que é defeituoso dentro de nós e, dessa forma, avançar em direção à perfeição de nossas naturezas”.

“Deve-se evitar julgar os outros, porque o que é certo para um não o é para o outro”.

“A doença tanto é evitável como remediável, e é trabalho dos que praticam a cura espiritual e dos médicos fornecer aos que sofrem, em acréscimo aos remédios materiais, o conhecimento do sofrimento causado pelo erro de suas vidas e da maneira pela qual esse erro pode ser erradicado, para que, assim, se possa restituir ao doente a saúde e a alegria”.

“As doenças reais e básicas do homem são certos defeitos como orgulho, a crueldade, o ódio, o egoísmo, a ignorância, a instabilidade e a ambição”.

“A prevenção e a cura acontecem quando localizamos o erro dentro de nós mesmos, e suprimimos esse defeito por meio do cuidadoso aprimoramento da virtude que o destruirá”.

Do livro Os Remédios do Dr. Bach. Editora: Pensamento, 2006.

Conheça nosso canal do YouTube

Renata Hermes
Naturologa
Deixe seu e-mail aqui e receba conteúdo sobre saúde, qualidade de pensamentos e equilíbrio emocional

Perdoar é saudável

O perdão é uma atitude moral na qual uma pessoa abdica do direito ao ressentimento, julgamentos, afetos e comportamentos negativos. Você pode pedir perdão a quem magoou e/ou prejudicou; perdoar a si mesma(o) por todas as vezes nas quais se criticou, autodepreciou ou se machucou; ou perdoar alguém.

Leia mais »

Escolha sua vida!

O vídeo de hoje traz um pouco do que eu aprendi lendo o livro “Essencialismo: a disciplinada busca por menos”. Como fazer boas escolhas (ou

Leia mais »