fbpx

Ensinamentos do Dr. Bach

“Em essência, a doença é o resultado do conflito entre a Alma e a Mente, e ela jamais será erradicada exceto por meio de esforços mentais e espirituais”.

“Nenhum esforço que se destine apenas ao corpo pode fazer mais do que reparar superficialmente um dano, e nisso não há nenhuma cura, visto que a causa ainda continua em atividade e pode, a qualquer momento, manifestar novamente sua presença, assumindo outro aspecto”.

“Diga-se brevemente que a doença, posto que pareça tão cruel, é benéfica e existe para nosso próprio bem; se interpretada de maneira correta, guiar-nos-á na direção aos nossos defeitos principais. Se tratada com propriedade, será a causa da supressão desses defeitos e fará de nós pessoas melhores e mais evoluídas do que éramos antes”.

“Somos personalidades vindas aqui com a missão de obter todo o conhecimento e toda a experiência que podem ser adquiridos ao longo da existência terrena; de desenvolver virtudes de que carecemos, de extinguir tudo o que é defeituoso dentro de nós e, dessa forma, avançar em direção à perfeição de nossas naturezas”.

“Deve-se evitar julgar os outros, porque o que é certo para um não o é para o outro”.

“A doença tanto é evitável como remediável, e é trabalho dos que praticam a cura espiritual e dos médicos fornecer aos que sofrem, em acréscimo aos remédios materiais, o conhecimento do sofrimento causado pelo erro de suas vidas e da maneira pela qual esse erro pode ser erradicado, para que, assim, se possa restituir ao doente a saúde e a alegria”.

“As doenças reais e básicas do homem são certos defeitos como orgulho, a crueldade, o ódio, o egoísmo, a ignorância, a instabilidade e a ambição”.

“A prevenção e a cura acontecem quando localizamos o erro dentro de nós mesmos, e suprimimos esse defeito por meio do cuidadoso aprimoramento da virtude que o destruirá”.

Do livro Os Remédios do Dr. Bach. Editora: Pensamento, 2006.

Blog

Cuidando com amor: ofurô para bebês

Complementando o post sobre Shantala (não leu ainda? clique aqui para saber sobre), hoje vou falar sobre o ofurô para bebês ou banho de balde, que pode ser feito logo depois da Shantala (massagem infantil). A prática desse tipo de banho começou no final dos anos 90, nas maternidades holandesas.

Leia mais »
Blog

Sem medo de ser infeliz – encare a tristeza

A tristeza nem sempre é encarada como algo que faz parte da vida e os critérios de diagnóstico que distinguem esse sentimento da depressão ainda não são claros. Por isso muita gente anda se enchendo de antidepressivos. Os economistas David Blanchflower, nos Estados Unidos, e Andrew Oswald, na Inglaterra, publicaram

Leia mais »
Renata Hermes
Naturologa
Deixe seu e-mail aqui e receba conteúdo sobre saúde, qualidade de pensamentos e equilíbrio emocional
Especial dia dos namorados

Todo mundo quer uma resposta simples, um manual de como fazer ou algum milagre quando o assunto é relacionamento amoroso. E eu queria poder te dar tudo isso, mas como você já deve imaginar, não é assim que as coisas funcionam. Por quê? Porque pessoas são diferentes. Para o dia...